Dicas do eletricista – Princesa Parafusos

1. Qual a diferença entre cabo flexível e fio rígido?

As características elétricas (capacidade de condução de corrente, resistência da isolação, etc.) dos cabos flexíveis são as mesmas dos fios rígidos.

A grande diferença é que os cabos flexíveis são melhores para a instalação devido ao fácil manuseio.

2. Tempo de Uso.

A vida média de um cabo é de aproximadamente 20 anos, variando de acordo com as condições da instalação.

3. Tipos de Isolações.

Os cabos podem ter isolação do tipo PVC, EPR, HEPR ou XLPE. Os cabos isolados em PVC podem operar com temperatura máxima do condutor de 70oC, enquanto que para as outras isolações podem operar a 90oC.

4. Energia Elétrica.

Nos fios e cabos existem os elétrons, partículas invisíveis que, quando submetidos a uma força ou a tensão elétrica, são impulsionados formando uma corrente elétrica. A multiplicação da tensão pela corrente é a potência elétrica. O tempo de uso da corrente elétrica é que determina a energia. Assim temos:
• Tensão = volts
• Corrente = ampères
• Potência = watts
• Energia = quilo-watt-hora

5. Potência de alguns Aparelhos (Watts).

Lâmpada Incandescente: 60 a 100
Chuveiro Elétrico: 5000 a 6500
Televisor: 60 a 300
Geladeira: 400 a 800
Torneira Elétrica: 4000 a 6000
Microondas: 800 a 1500
Máquina de Lavar Roupas: 600 a 2000

6. Tamanhos ideais para algumas aplicações (mm²).

Iluminação 110V: 1,5
Tomadas 110V: 2,5
Tomadas 220V: 2,5
Chuveiros e torneiras elétricas 220V: 6
Condicionadores de ar: 4

7. Qualidades dos fios e cabos elétricos da Cobrecom.

• Os fios e cabos elétricos são formados por um condutor de cobre e um revestimento de plástico (PVC).
• A pureza do cobre é fundamental para evitar aquecimentos dos condutores e também para facilitar nas emendas.
• O revestimento plástico deve ser de boa qualidade e apropriado. Isso garante que não haja curto-circuitos e incêndios nas instalações.
• Devem ser antichamas, o que garante que eles não propaguem incêndios.
• Os fios e cabos são da maior importância para o bom funcionamento das instalações, devem obedecer os padrões e as normas técnicas vigentes.
• A COBRECOM tem todas as especificações.

8. Fio Terra.

Para evitar a possibilidade de choques nas instalações elétricas, deve ser instalado um eficiente sistema de aterramento.
É preciso ter uma haste de aterramento e um condutor até o quadro de distribuição, para então realizar as demais ligações com o fio terra.

Fonte: http://www.cobrecom.com.br/dicas.php

Outras redes da Princesa Parafusos:

Site
Facebook
Twitter

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Notícias e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s